Tomate seco defumado

IMG_20160527_185628245

Que a culinária italiana é riquíssima não é novidade, mas parece que quanto mais pesquisamos sobre ela, mais nos damos conta do quanto ela é presente na nossa cozinha. O tomate seco é um grande exemplo disso. Segundo historiadores, as primeiras produções ocorreram no sul da Itália como um método de conservação, ou seja, para prolongar a vida útil do tomate. Hoje, ele é muito utilizado em pizzas, risotos e pratos mais refinados, como o panga asiático que publicamos aqui no blog.

Quando surgiu no Brasil, a fama do tomate seco não era dos melhores, pois em sua produção eram utilizados óleos que comprovadamente eram (e ainda são) prejudiciais à saúde. Porém, com o aumento do consumo e a preocupação em ampliar cada vez mais este público, passou-se a apostar em versões vegetais e, como é o caso desta receita, extra virgens. Desta forma, podemos obter todos os nutrientes que ele possui sem se preocupar com o pacote ruim que vinha junto, destacando, inclusive, que diversos destes índices são mais elevados do que na fruta fresca. Para se ter uma ideia, ele é fonte de licopeno, substância antioxidante que protege contra os radicais livres, potássio, que mantém a pressão arterial estável e previne a osteoporose, fibras, vitaminas A, B, C, E e K, ácido fólico, magnésio e fósforo. Além disso, é anticancerígeno e anti-inflamatório.

Esta receita pode ser feita de diversas formas, mas como adoramos otimizar o tempo, aproveitamos uma tarde que estávamos com a lareira acesa e fizemos uma estrutura para secarmos o tomate e curtir bem de perto todo o seu processo. Você pode seguir os mesmos passos utilizando a churrasqueira ou o fogão a lenha. No forno igualmente pode ser feito, porém não ficará defumado, pois, para isso, é necessário o uso da lenha. Mas se for sua única opção, não deixe de fazer, pois o sabor fica ótimo também.

INGREDIENTES

  • 1 kg de tomate
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1/2 xícara de azeite de oliva extra virgem
  • 1 colher (sopa) de orégano fresco
  • 1/2 colher (sopa) de manjerona fresca

MODO DE FAZER

Lave bem os tomates, corte ao meio e retire as sementes e todo líquido dela.Coloque-os em uma forma e regue com um pouco de azeite. Faça uma mistura com o sal e o açúcar e polvilhe uma pitada em cada metade. Deixe reservado por 45 minutos.

IMG_20160525_163716294

Enquanto isso, cubra uma grelha com papel alumínio e faça pequenos furos com a ajuda de um palito em toda a sua superfície.

IMG_20160525_161637328

Após o tempo de espera, retire o líquido que soltar dos tomates com um papel-toalha e disponha na grelha inicialmente com a casca para baixo.

IMG_20160525_171901949

Polvilhe com a mistura de sal e açúcar e leve para o fogo, cuidando para não ficar muito em cima da chama (mais ou menos 30 cm de distância).

IMG_20160525_181219724

Nas próximas 4 horas você irá seguir o seguinte processo: a cada meia hora, vire os tomates e coloque mais uma pitada da mistura de sal e açúcar. Eles estarão prontos quando reduzirem em torno de 80% do seu tamanho, ficarem dourados e enrugados.

IMG_20160526_102443867

Em um vidro de conserva, coloque o restante do azeite e os temperos picados, misturando bem. Adicione os tomates, mexa cuidadosamente e leve à geladeira por pelo menos 24 horas, para curtir bem.

IMG_20160717_184328

Anúncios

4 comentários sobre “Tomate seco defumado

  1. Pingback: Pizza de rúcula com tomate seco | Temperos e Aromas

  2. Pingback: Pizza fit de grão-de-bico | Temperos e Aromas

  3. Nossa! Eu adoro tomate seco. Esse seu parece que ficou com uma ótima aparência e deve ter dicado saboroso. Quando faço, faço no forno convencional por nove horas na temperatura baixa. Vou ter a oportunidade de cozinhar pela primeira vez no fogão à lenha e queria aproveitar e fazer uma receita de tomate seco nele. Teriam alguma dica específica pra esse caso? Nunca cozinhei no fogão à lenha, será minha primeira vez mas gostaria de aproveitar que na roça tem muito tomate disponível e o fogão fica aceso o dia inteiro. Poderia me dar uma ajuda? Obrigada

    Curtido por 1 pessoa

    • Obrigada Gisa, ficou realmente uma delícia porque deu aquele toque defumado sabe!!
      Já fizemos no forno também, não chegamos a deixar tanto tempo, mas dá certo igual né.
      Então, sobre o fogão à lenha, nossa, super oportunidade que você vai ter. Parece que toda comida feita assim ganha um gosto especial. Nossa dica é cuidar para não deixar muito perto do fogo (no caso de tu fazer em cima da chapa) e deixar os tomates em cima de uma grelha dentro da forma, conforme nós fizemos. Assim ele vai desidratando aos poucos e ganhando sabor. Caso o seu forno tenha aquela gaveta/porta interna e quiser fazer nela, cuide para não deixar muito quente também para não correr o risco de queimar 😀
      Ahhhh nos fala como ficou depois viu? Manda foto que vamos adorar publicar nas nossas redes sociais! Abraço 😀

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s